• A solidão pode ser boa!

    Solidão e existência

    O sentimento de solidão não significa necessariamente estar só ou sem companhia. Numa cidade grande encontramos pessoas todos os dias, e mesmo assim sentimos solidão.

    A cada dia que passa nossas relações sociais estão se tornando mais enfraquecidas, ao mesmo tempo que encontramos pessoas, não nos relacionamos com elas.

    Entramos com pessoas num ônibus ou numa fila, mas quase não interagimos, trabalhamos com pessoas que somente falamos bom dia e boa tarde. No supermercado vemos o caixa somente como alguém que vai passar as compras e me cobrar, ou quando vamos a um restaurante, o garçom somente anota meus pedidos e traz a refeição, isso não é uma relação.

    Quem utiliza redes sociais como o Facebook, possui mais de mil amigos, mas não se relaciona com quase nenhum deles, não há nada de significativo além de trocar curtidas e comentários triviais.

    A maioria das pessoas estão em contato com outras todo o tempo, por vários meios, mas nem sempre se sentem próximas umas das outras. É justamente por viver esse modelo de vida que nos faz sentir solitários, porém nem sempre isso é ruim.

    Estamos acostumados a ver a solidão como algo ruim e negativo, mas a solidão é uma condição humana. Na realidade estamos sempre sós, mesmo na companhia de outras pessoas, estamos sempre em nossa companhia.
    "Se você sente tédio quando está sozinho
    é porque está em péssima companhia."
    (Jean-Paul Sartre)
    Cada pessoa experimenta de uma maneira a sensação de solidão, alguns se sentem bem, outros se sentem apavorados e até desesperados.

    Por mais que sejamos pessoas muito sociáveis, seja no grupo familiar, de amigos ou colegas, num momento ou outro teremos de encarar a solidão em nossa vida. O fato de estar com outras pessoas não exclui a nossa condição de também ser só.

    O importante é compreender que a solidão não é uma doença ou um problema, pois faz parte de nossa vida, em alguns momentos percebemos de maneira mais intensa e não nos sentimos dispostos em lidar com ela, em outros momentos levamos de maneira mais tranquila.

    Nem sempre é fácil entrar em contato com a nossa solidão, pois trata-se de entrar em contato com nós mesmos. Porém, essa experiência pode ser um processo muito valioso, com a solidão percebemos nossa singularidade e liberdade. Experimentar a solidão pode nos possibilitar a ver nossa vida de maneira mais ampla, reavaliando nossas buscas e relações, revendo o que realmente é importante para nós.

    Podemos utilizar a solidão em nosso favor, aproveitando para olhar mais profundamente para nós mesmos, compreender a nossa história e o que para nós é significativo, encontrando e criando novos sentidos para nossa vida.
    "Um homem bem logrado advinha meios de cura contra danos, utiliza acasos ruins em sua vantagem: o que não o derruba torna-o mais forte. Está sempre em sua companhia, quer esteja com livros, homens ou paisagens."
    (Friedrich Nietzsche)
    O confronto com a própria solidão pode nos levar em busca de alternativas existenciais diferentes e novas comparadas ao que estavávamos acostumados a viver, experimentando novas possibilidades de ser para si mesmo.
  • Textos Relacionados

    Um comentário: