• Encontros e desencontros na relação


    Cada pessoa está em seu tempo, vivendo sua vida imersa em suas questões, de acordo com o momento e o espaço, seguindo suas buscas em sua caminhada pessoal.

    Nem sempre é fácil entender os outros, pois vivemos em nossas próprias experiências, e acabamos por interpretar o outro de acordo com nossas concepções e valores.

    O outro é outra pessoa, possui diferentes experiências, desenvolve outros outros valores e distintos modos de ser, inclusive sua própria compreensão da realidade, com seus gostos e desgostos.

    Tem momentos que nos aproximamos de algumas pessoas, em outros nos distanciamos, e cada um continua em sua caminhada. Vamos seguindo juntos até os mais distantes tempos de cada um.

    Nos aproximamos de pessoas quando em algo nos identificamos com elas e nos distanciamos quando este algo não nos faz mais sentido, ou quando a pessoa já não se interessa pelo mesmo.

    As pessoas mudam de escolhas, e nós também. Faz parte da vida de cada um seguir seu caminho, indo de encontro com o que faz sentido para si mesmo. Deste modo, as pessoas surgem e seguem, e nós também para elas.

    Cada pessoa tem seu tempo de encontro, que dura até o tempo que for. Tal como chega se vai, para que a vida possa fluir e que outras possam aparecer também. Nossa vida é um fluxo constante, sempre em processo, sempre em transformação.

    Há sempre a possibilidade do encontro, do desencontro e do reencontro nas relações entre as pessoas!

    A vida nos oferece sempre novas experiências, e com elas também nos transformamos. Não há como saber como seremos no futuro, ou o que faremos com nossas experiências, os caminhos não seguem em linha reta, mas em diagonais, curvas e rabiscos.

    Não precisamos nos preocupar tanto com o tempo, ele vai passar de todo jeito, e cada pessoa vai seguir no sentido de seus interesses momentâneos. na direção do que deseja para si.

    O encontro acontece em momentos e pode ser proveitoso enquanto nos afinamos, uns vêm e outros vão, e a vida segue.

    “Eu faço as minhas coisas, você faz as suas. Eu não estou neste mundo para viver as suas expectativas, e você não está nesse mundo para viver as minhas. Você é você, e eu sou eu, e se por acaso nos encontrarmos será ótimo. Se não, nada se pode fazer.”
    (Fritz Perls)
  • Textos Relacionados

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário